Imagem de apresentação de Primavera Sound Porto: Kendrick Lamar voltou onde já foi feliz
Kendrick Lamar

Primavera Sound Porto: Kendrick Lamar voltou onde já foi feliz

O Primavera Sound está de volta ao Parque da Cidade, com um recinto alterado para poder oferecer melhores condições a um público maior. O primeiro dia do festival teve dois protagonistas: Kendrick Lamar e a chuva.

Imagem de perfil de Catarina Freitas
Catarina Freitas
Jornalista
Quinta-feira, 8 de Junho de 2023, às 09:47

Após nove anos, Kendrick Lamar voltou ao palco do Primavera Sound. Desde 2014, o rapper editou três álbuns extremamente aplaudidos pela crítica: "To Pimp a Butterfly" em 2015, "DAMN." em 2017 e "Mr. Morale & The Big Steppers" no ano passado.

Durante mais de uma hora, a chuva acompanhou o concerto de Kendrick Lamar com poucos minutos de tréguas, mas tal não demoveu o público que não arredou pé até ao último verso. O rapper, que muitos consideram um dos melhores de sempre, presenteou os fãs com temas como "Bitch, Don't Kill My Vibe", "Loyalty" e "HUMBLE." levando os presentes à loucura. Kendrick Lamar apresentou também temas do seu mais recente álbum como "Count me Out" e "Die Hard".

Sozinho em palco, acompanhado por vezes de quatro bailarinos, o concerto agradou grande parte dos fãs, especialmente os mais aguerridos, mas deixou um ligeiro dissabor noutros tantos. Um concerto com paragens demoradas entre músicas e sem grande movimento no palco, fez com que ficasse a faltar aquela "chama" que Kendrick já conseguiu atingir noutros concertos. O merecedor de um grande aplauso foi sem dúvida o público, que cantou todas as músicas com o rapper, chamou por Kendrick Lamar quebrando o silêncio entre os temas e manteve-se fiel sem abandonar o recinto alagado pela forte chuva que caiu.

O concerto do cabeça de cartaz do primeiro dia do festival foi antecedido pelo seu primo, Baby Keem, que se estreou na cidade do Porto. Munido de muitas "backtracks", Baby Keem apresentou temas como "Hooligan", "Honest", "Orange Soda" e "Issues". O rapper subiu novamente ao palco no final do concerto de Kendrick Lamar para cantar com o primo "Family ties".

O primeiro dia do festival ficou também marcada pela atuação energizante de The Comet Is Coming. O trio britânico animou o público no Palco Vodafone, antigo local do palco principal, e conseguiu arrancar vários passos de dança com o seu jazz eletrónico. A ajudar ao momento, a chuva fez pausa por uns minutos e deixou que o público aproveitasse da melhor forma o jazz progressivo de The Comet is Coming.

Um dos destaques deste primeiro dia de festival vai para a mudança de local do palco principal. Habituados a poderem aproveitar o declive natural onde o palco principal se situava em edições anteriores, os festivaleiros não viram a mudança com bons olhos, obrigando a uma maior ginástica por parte de todos para poderem ver os seus artistas preferidos sem cabeças a bloquear a visão.

Para comemorar a décima edição, o evento terá, pela primeira vez, quatro dias. O Primavera Sound termina sábado, dia 10 de junho, e pelo festival vão passar nomes como Rosalía, Pet Shop Boys e Blur.