Publicidade

Agenda

21Abr

Party. Sleep. Repeat.

São João da Madeira

23Abr

Arcade Fire

Lisboa

24Abr

Adriana Calcanhotto

Porto

30Abr

Ben Harper & Charlie Musselwhite

Lisboa

11Mai

Sequin

Lisboa

12Mai

Niall Horan

Lisboa

13Mai

Angel Olsen

Guimarães

Publicidade

Sáb, 21 Jan 2017 às 12:03

Sum 41 dominaram o Coliseu de Lisboa com uma imensidão de vozes

Os Sum 41 voltaram a Portugal no dia 20 de janeiro deste novo ano, com nova vida, novo álbum e muito rock para dar no Coliseu de Lisboa.

Foi para apresentar o álbum “13 voices”, editado em outubro de 2016, que os canadianos viajaram para Portugal.

As músicas mais recentes acompanharam o processo de recuperação do líder da banda, que esteve em risco de vida. É assim, com vida renovada que os Sum 41 encaram os novos dias, após já 20 anos de existência da banda.

Alguns dos temas mais marcantes fizeram o Coliseu estremecer e exaltaram o público. Assistia-se a uma simbiose entre os músicos e o público. A percussão das músicas dava o ritmo para os movimentos e saltos na plateia.

A dada altura era já difícil manter a distância e o cantor Deryck Whibley, literalmente, caiu nos braços dos fãs e foi transportado até ao centro do Coliseu enquanto cantava “Walking Disaster” para entoar ainda com mais força a letra sentimentalista e apaixonada de “With Me”.

A empatia era “In Too Deep” (profunda demais). “Still Waiting” foi outra prova de como foi preparada a ligação entre passado, presente e futuro na noite que relembrou grandes sucessos da carreira.

Etiquetas

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]