/ Íris Ferrão - Backstage
Qua, 3 Jul às 15:46

Mais uma lição de bem entreter ao ritmo de Sir Rod Stewart

O mês de julho deu entrada ao ritmo de Rod Stewart, três anos após a sua última passagem pelo país. O artista britânico regressou esta segunda-feira, 1 de julho, a Lisboa para apresentar o seu mais recente álbum “Blood Bed Roses”. E tal como da última vez, o público voltou a marcar presença, enchendo por completo as bancadas da Altice Arena.

Passavam alguns minutos das 20:30 quando os ecrãs em torno do palco se iluminaram e a cortina subiu para desvendar um palco bem povoado, onde se incluía Rod Stewart e a sua banda de 12 elementos.

Menos energético do que costume, havia, no entanto, uma boa razão para isso. Aproveitando a sua vinda a Portugal, o artista tinha visitado algumas horas antes o estádio do Jamor, local onde o seu clube de coração, o Celtic de Glasgow, venceu o troféu mais importante da sua história. Uma escorregadela durante a visita fez com que Rod Stewart torcesse um pé e se apresentasse em palco a coxear. Mas nada que fosse afetar a sua boa disposição, como fez questão de realçar.

Em relação ao concerto, foram duas horas em que o artista presenteou o público com alguns dos maiores êxitos da sua já longa carreira, intercalando músicas que agitavam discotecas nas décadas de 70/80 com algumas das suas principais baladas.

Se na primeira parte do espetáculo foram ouvidos temas como “Forever Young”, “Maggie May” e “Tonight I'm Yours (Don't Hurt Me)", na segunda parte, em tom mais intimista, puderam ouvir-se algumas baladas como “I Don't Want to Talk About It”, “The First Cut Is the Deepest” ou “Have I Told You Lately”.

A reta final do concerto colocou de lado as baladas e fez-se em crescendo, com o público a não resistir a levantar-se para dançar “Twistin the Night Away” e “Sailing” e culminou em ambiente de festa com “Da Ya Think I'm Sexy?”.

Rod Stewart é já um veterano nestas andanças e um expert a entreter o seu público. E neste espetáculo percebeu-se bem porquê. A competência e qualidade da banda que acompanha o artista britânico é realmente notável e Rod Stewart sabe disso, cumprimentando por diversas vezes os seus elementos ao longo do concerto, como se aquela fosse a primeira vez que atuavam juntos.

O próprio artista continua com uma voz invejável, mesmo considerando todos os problemas de saúde que em tempos o afetaram. Tudo isto conjugado com a sua boa disposição e energia, tornaram esta noite memorável,provando que quem sabe não esquece. Sir Rod Stewart voltou a conquistar o público português e a avaliar pelos comentários que se ouviam à saída da sala, era consensual que esta noite irá perdurar na memória de todos durante muitos anos.

Galeria

Etiquetas

Publicidade

Agenda

24Jul

Muse

Lisboa

25Jul

Michael Bolton

Lisboa

25Jul

Michael Bolton

Lisboa

26Jul

Rui Massena

Póvoa de Varzim

2627Jul

Dancefloor

Braga

2628Jul

Elétrico Festival

Porto

27Jul

UNITE With Tomorrowland

Porto

Publicidade

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]