/ Backstage - Cláudia Lobo
Qui, 4 Abr às 21:16

Hans Zimmer: uma experiência audiovisual inesquecível

The World Of Hans Zimmer – A Symphonic Celebration é o trabalho do prestigiado compositor Hans Zimmer e passou pelo Altice Arena esta quarta-feira, dia 3 de abril.

Esta digressão de celebração do mundo de Hans Zimmer iniciou-se no final de abril de 2018 no país de origem do compositor – Alemanha – e prolonga-se até ao dia 14 de abril em Praga, República Checa.

Vários dos seus concertos estiveram esgotados e este por terras lusas não foi exceção. Sob a direção do maestro Gavin Greenaway – alvo de um grande aplauso aquando da sua entrada – soou a primeira melodia, pertencente à banda sonora do filme “O Cavaleiro das Trevas”, seguindo-se a de “Rei Artur”.

A terceira música, do filme Missão Impossível 2, surgiu com a tão esperada presença da convidada especial de Zimmer para este espetáculo, Lisa Gerrard. A sua figura sublime embelezou ainda mais o cenário, evidenciando também o seu magnífico talento.

Bandas sonoras dos filmes “Pearl Harbor”, “Rush”, “O Código Da Vinci”, “Madagascar”, “Spirit – Espírito Selvagem”, “Kung Fu Panda”, “O Amor não Tira Férias” e “Hannibal” também estiveram, pela ordem indicada, no lote de experiências fascinantes que nos foram proporcionadas durante as cerca de duas horas e trinta minutos de espetáculo.

Em algumas das músicas foi exaltada a presença de alguns instrumentistas, como Pedro Eustache (flauta), Amir John Haddad (guitarra) e de algumas cantoras como Katharina Melnikova e Asja Kadric.

Não poderia faltar a banda sonora do filme “O Rei Leão”, filme em que Hans Zimmer foi premiado com um Óscar e um Grammy. Para brilhar de novo, e desta vez com a música do filme “Gladiador”, sobe ao palco a compositora e cantora australiana Lisa Gerrard.

Ao longo do espetáculo a produção de luz, som e vídeo atingiram o nível extraordinário, surpreendendo todos os presentes. Todo o espetáculo foi uma incrível experiência audiovisual e fez com que o nosso olhar se prendesse ao ecrã que estava mesmo atrás dos presentes no palco. Excertos dos filmes acompanhavam ao milímetro a sonoridade que estava perfeitamente tocada pelos membros da orquestra.

Durante o espetáculo Hans Zimmer apareceu a falar em formato vídeo contando algumas peripécias do seu percurso com alguns colegas de trabalho. Este facto quereria dizer que o mesmo não estava presente, como foi mencionado anteriormente em notícias sobre o espetáculo. Mas o compositor preparou uma surpresa e, quando o concerto estava quase a terminar, apareceu em palco a acenar a todos os presentes. Estes que o aplaudiram de pé.

Para o encore estava guardada a banda sonora de “Inception”, terminando com a de “Piratas das Caraíbas”.

Hans Zimmer fez questão de agradecer aos seus músicos, apresentando-os um a um enquanto os nomes dos mesmos iam sendo projetados no ecrã gigante. Terminou com o maestro Gavin Greenaway, dizendo-lhe: “Without you, we’re nothing. Thank you!”.

Podemos dizer que esta celebração foi sinónimo de vibração, olhar atento, surpresa e silêncio por parte do público. Não porque se cantou o fado, mas porque se ouvia a orquestra de Hans Zimmer.

Galeria

Etiquetas

Publicidade

Agenda

17Ago

Vodafone Paredes de Coura

Paredes De Coura

2224Ago

EDP Vilar de Mouros

Caminha

04Set

Billie Eilish

Lisboa

13Set

Gipsy Kings

Guimarães

13Set

Luan Santana

Braga

19Set

Chris de Burgh

Lisboa

29Set

Yann Tiersen

Lisboa

Publicidade

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]