/ Backstage - Cláudia Lobo
Qui, 4 Abr 2019 às 21:16

Hans Zimmer: uma experiência audiovisual inesquecível

The World Of Hans Zimmer – A Symphonic Celebration é o trabalho do prestigiado compositor Hans Zimmer e passou pelo Altice Arena esta quarta-feira, dia 3 de abril.

Esta digressão de celebração do mundo de Hans Zimmer iniciou-se no final de abril de 2018 no país de origem do compositor – Alemanha – e prolonga-se até ao dia 14 de abril em Praga, República Checa.

Vários dos seus concertos estiveram esgotados e este por terras lusas não foi exceção. Sob a direção do maestro Gavin Greenaway – alvo de um grande aplauso aquando da sua entrada – soou a primeira melodia, pertencente à banda sonora do filme “O Cavaleiro das Trevas”, seguindo-se a de “Rei Artur”.

A terceira música, do filme Missão Impossível 2, surgiu com a tão esperada presença da convidada especial de Zimmer para este espetáculo, Lisa Gerrard. A sua figura sublime embelezou ainda mais o cenário, evidenciando também o seu magnífico talento.

Bandas sonoras dos filmes “Pearl Harbor”, “Rush”, “O Código Da Vinci”, “Madagascar”, “Spirit – Espírito Selvagem”, “Kung Fu Panda”, “O Amor não Tira Férias” e “Hannibal” também estiveram, pela ordem indicada, no lote de experiências fascinantes que nos foram proporcionadas durante as cerca de duas horas e trinta minutos de espetáculo.

Em algumas das músicas foi exaltada a presença de alguns instrumentistas, como Pedro Eustache (flauta), Amir John Haddad (guitarra) e de algumas cantoras como Katharina Melnikova e Asja Kadric.

Não poderia faltar a banda sonora do filme “O Rei Leão”, filme em que Hans Zimmer foi premiado com um Óscar e um Grammy. Para brilhar de novo, e desta vez com a música do filme “Gladiador”, sobe ao palco a compositora e cantora australiana Lisa Gerrard.

Ao longo do espetáculo a produção de luz, som e vídeo atingiram o nível extraordinário, surpreendendo todos os presentes. Todo o espetáculo foi uma incrível experiência audiovisual e fez com que o nosso olhar se prendesse ao ecrã que estava mesmo atrás dos presentes no palco. Excertos dos filmes acompanhavam ao milímetro a sonoridade que estava perfeitamente tocada pelos membros da orquestra.

Durante o espetáculo Hans Zimmer apareceu a falar em formato vídeo contando algumas peripécias do seu percurso com alguns colegas de trabalho. Este facto quereria dizer que o mesmo não estava presente, como foi mencionado anteriormente em notícias sobre o espetáculo. Mas o compositor preparou uma surpresa e, quando o concerto estava quase a terminar, apareceu em palco a acenar a todos os presentes. Estes que o aplaudiram de pé.

Para o encore estava guardada a banda sonora de “Inception”, terminando com a de “Piratas das Caraíbas”.

Hans Zimmer fez questão de agradecer aos seus músicos, apresentando-os um a um enquanto os nomes dos mesmos iam sendo projetados no ecrã gigante. Terminou com o maestro Gavin Greenaway, dizendo-lhe: “Without you, we’re nothing. Thank you!”.

Podemos dizer que esta celebração foi sinónimo de vibração, olhar atento, surpresa e silêncio por parte do público. Não porque se cantou o fado, mas porque se ouvia a orquestra de Hans Zimmer.

Galeria

Etiquetas

Publicidade

Agenda

30Mai

Bill Callahan

Porto

31Mai

Bill Callahan

Coimbra

01Jun

Bill Callahan

Lisboa

11-13Jun

NOS Primavera Sound

Porto

20-28Jun

Rock in Rio Lisboa

Lisboa

03-04Jul

Sumol Summer Fest

Mafra

08-11Jul

NOS Alive

Lisboa

Publicidade

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]