Publicidade

Agenda

23Ago

EDP Vilar de Mouros

Vilar de Mouros

24Ago

EDP Vilar de Mouros

Vilar de Mouros

25Ago

EDP Vilar de Mouros

Vilar de Mouros

11Set

Thirty Seconds To Mars

Braga

02Out

José González

Lisboa

25Out

Kurt Vile & The Violators

Lisboa

26Out

Kurt Vile & The Violators

Porto

Publicidade

Ter, 24 Abr às 20:06

Arcade Fire deixaram o Campo Pequeno rendido

A noite de 23 de abril foi pontuada pelo regresso dos Arcade Fire a Portugal. O concerto em 360º, no Campo Pequeno, em Lisboa, estava já esgotado desde outubro do ano passado.

A banda de abertura, Preservation Hall Jazz Band, tocou durante 45 minutos, deixando no recinto uma sensação de tranquilidade e otimismo.

Passava pouco das 21:00 quando Arcade Fire subiram ao palco, que estava construído de modo a imitar um ringue de boxe. A sua entrada seguiu o mesmo tema, e os artistas foram apresentados como se partissem para um combate.

"Everything Now", tema que partilha o nome com o mais recente álbum da banda, foi a música escolhida para abrir o espetáculo. A partir daí, durante mais de duas horas quase ininterruptas, Arcade Fire revisitaram músicas de todos os seus álbuns de estúdio: "Funeral" (2004), "Neon Bible" (2007), "The Suburbs" (2010), "Reflektor" (2013) e "Everything Now" (2017).

Durante todo o concerto, a banda demostrou uma energia absolutamente espantosa e contagiante. Os fãs, por sua vez, entoaram em conjunto com os artistas as letras que tanto conhecem e adoram.

Tanto Win Butler como Régine Chassagne saíram várias vezes do palco, tendo atuado no topo de uma plataforma incorporada nas bancadas e, inclusive, dançado com os membros da plateia. Toda a proximidade demonstrada pela banda contribuiu para criar um ambiente que era, em si, já muito acolhedor.

O momento mais assoberbante da noite terá sido a interpretação do tema final. "Wake Up" rendeu a sua habitual (e, no entanto, sempre espantosa) reação: toda a música foi entoada a plenos pulmões pelo público, desde o seu início, até ao momento em que a banda saiu completamente do recinto.

Win Butler deixou as suas palavras de agradecimento, dizendo: "Estamos tão felizes por estar de volta. Muito obrigado!". E de volta estarão, novamente, este verão, no Vodafone Paredes de Coura. Resta esperar...

Etiquetas

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]