Publicidade

Agenda

07Ago

MEO Sudoeste

Zambujeira do Mar

08Ago

MEO Sudoeste

Zambujeira do Mar

09Ago

MEO Sudoeste

Zambujeira do Mar

09Ago

Neopop

Viana do Castelo

10Ago

MEO Sudoeste

Zambujeira do Mar

10Ago

Neopop

Viana do Castelo

11Ago

MEO Sudoeste

Zambujeira do Mar

Publicidade

/ Backstage © - Miguel Machado
Dom, 7 Jan às 14:00

Alt-J foram magnéticos e deixaram o público desejoso por mais

A noite de 06 de janeiro, no Parque das Nações, em Lisboa, foi preenchida pelos sons de alt-J, que confiaram à Altice Arena a sua grande estreia em nome próprio em Portugal.

A abertura do espetáculo ficou ao cargo de Marika Hackman, cantora e compositora inglesa, conhecida pelas suas músicas melancólicas do género folk. Marika Hackman entrou às 20:30 e esteve durante 45 minutos em palco com a sua banda, numa atuação enérgica.

Alt-J subiram ao palco pelas 21:45, recebidos pelo clamor hospitaleiro do público português, que encheu a plateia em pé e se distribuiu também pelos lugares do balcão 1. O espetáculo começou com o tema "Pleader", que denotou o modo como a acústica da Altice Arena faria jus aos sons envolventes da banda.

Com uma setlist que seria do agrado de qualquer fã de alt-J, juntando temas dos três álbuns "An Awesome Wave" de 2012, "This is All Yours" de 2014 e "Relaxer" de 2017, a plateia mostrou-se envolvida pelos sons magnéticos e cativantes da banda inglesa.

Músicas tais como "Left Hand Free", "In Cold Blood" e "Every Other Freckle" renderam uma resposta efervescente da plateia, fazendo notar uma energia que se propagou por toda a sala. Intercaladamente, a banda concedeu momentos mais calmos e imersivos, através da apresentação de temas como "Tesselate", "Something Good" e "Hunger Of The Pine".

Foi com "Matilda" e "Taro" que o público português demonstrou mais ardentemente o entusiasmo que lhe é característico e que o torna famoso. Ambas as canções criaram cenários arrebatadores, com um cantar em uníssono que quase se sobrepôs à voz de Joe Newman, que chegou até a “ceder a vez” ao público para que entoasse as letras que tanto o apaixonam.

Após a saída dos alt-J do palco e até ao momento em que voltaram a entrar, os gritos do público foram penetrantes. O encore foi composto por "Intro", "3WW" e, por último (e como não seria de admirar), "Breezeblocks", a mais prestigiada música da banda, que rendeu um final eletrizante.

Com apenas uma hora e 15 minutos, os alt-J fizeram uma estreia em nome próprio de muito sucesso, deixando o público da Altice Arena a pedir por mais.

Galeria

Etiquetas

Artigos semelhantes

  • [CAPA-EXISTE] [/CAPA-EXISTE]
    [SECCAO-EXISTE]

    [SECCAO-NOME-SINGULAR]

    [/SECCAO-EXISTE]

    [NOME]

    [LISTA-INTERVENIENTES] [LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] por [/LISTA-INTERVENIENTES-PRIMEIRO] [LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES], [/LISTA-INTERVENIENTES-SEGUINTES] [LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [INTERVENIENTE-NOME] [/LISTA-INTERVENIENTES-TEMPLATE] [/LISTA-INTERVENIENTES]