James dos Reis

James dos Reis: "O meu lema é Let love rule"

James dos Reis lançou o seu primeiro single Toma com a marca da Real Caviar e produzido em conjunto com AGIR. Com ascendência cabo-verdiana, James dos Reis mostra essa ligação no seu tema de estreia. A Backstage esteve à conversa com o artista.

Sábado, 28 de Março de 2020, às 17:12

James, conta-nos como começaste este percurso na música.

Wah Gwaan Backstage! Bem, o meu percurso na indústria musical começou em 2012, fiz um casting para uma Boys band - os No Stress. Demos concertos pelo país inteiro e pisámos grandes palcos como o Altice Arena, Campo Pequeno, entre outros.

Passado cerca de 3 anos, o projeto terminou, eu fui para Londres e afastei-me do mundo da música. Quatro anos depois, no final de 2019, regressei a Lisboa para começar a minha carreira a solo e trabalhar com a Real Caviar.

Quem são as tuas influências?

Quando eu ainda nem sabia que gostava de cantar, ouvia muito a minha prima Myriiam a fazê-lo, foi ela a minha primeira grande influência. 

À medida que fui explorando mais géneros musicais e a minha própria voz, as minhas influências foram, e continuam a ser: Rui Veloso, John Legend, Donny Hathaway, Halloween, Drake, Eric Benét, R. Kelly entre outros tantos.

Lançaste o teu primeiro single há pouco mais de um mês com a Real Caviar, já deu para perceber as primeiras impressões do público?

Sim, já. Embora ainda tenha um longo caminho pela frente, o feedback tem sido muito positivo e super genuíno, sinto que o público gosta mesmo da música e da boa vibe que é transmitida.

Produziste este tema com o AGIR. Como funcionou o processo de criação?

O processo criativo do Toma foi muito genuíno, estávamos os dois em estúdio, o AGIR começou pela produção do beat, eu criei a linha melódica do mesmo e a letra acabámos por escrevê-la os dois.

No futuro gostavas de te aventurar sozinho na criação de um tema?

Por acaso nunca pensei muito nisso.

Gosto da relação com as pessoas e é uma forma de estar sempre a aprender, daí achar importante partilhar este processo com mais pessoas, quando assim faz sentido, pois consigo ter opiniões e visões diferentes - think outside the box. Neste momento já crio as minhas letras e melodias - embora esteja sempre aberto a ideias e sugestões - mas para já vou sempre precisar de um produtor, pois eu ainda não produzo (risos), mas quem sabe no futuro…

Este single é bastante romântico. Queres manter o mood deste single ou ainda estás a descobrir o tema que mais gostas de abordar?

O meu lema é Let love rule! Irei sempre falar sobre amor, mas escrevo sobre o momento presente por isso é possível que vão surgindo outros temas também.

Estamos a passar por tempos muito conturbados, fica difícil fazer planos a médio prazo. Como tens planeado este ano?

Por mim passávamos já para 2021 (risos). E estamos sem dúvida a passar uma fase muito complicada, sendo eu um artista novo acabei por ficar muito limitado em termos de promoção uma vez que tudo parou, mas eu e a minha equipa estamos a trabalhar para encontrar novas soluções criativas dentro da situação actual, como o Home Music Session onde pude participar a convite da MegaHits, que foi incrível!

Mas enquanto cidadão, o que mais quero é que tudo fique bem.

Vamos poder ouvir mais temas teus durante este ano?

Sim, claro que sim! Já tenho alguns temas prontos e estou com muita vontade de vos poder mostrar tudo.

Palavras-chave
Imagem de perfil de Catarina Freitas
Catarina Freitas
Jornalista
Próximos eventos
Ago
15
Noites Do Palácio - Diogo Piçarra
Palácio de Cristal, Porto
Esgotado
Ago
15
Noites de Verão - Miguel Araújo
Estádio Municipal da Lavandeira, Gaia
Ago
17
Slipknot
Altice Arena, Lisboa
Cancelado
Ago
19
Vodafone Paredes de Coura
Praia Fluvial do Taboão, Paredes De Coura
Adiado
Ago
20
Vodafone Paredes de Coura
Praia Fluvial do Taboão, Paredes De Coura
Adiado
Ago
21
Vodafone Paredes de Coura
Praia Fluvial do Taboão, Paredes De Coura
Adiado
Política de Cookies
O nosso website utiliza cookies para identificar fluxo de tráfego e páginas mais visitadas por cada visitante, sem nunca guardar informação pessoal do utilizador. Esta informação ajuda-nos a perceber o que os nosso público-alvo procura e, com o conhecimento, ajudar-nos a melhorar o serviço que prestamos.