Reportagem

Primeira década dos HMB celebrada em grande no Coliseu do Porto

Os HMB celebraram dez anos de carreira com aqueles que mais os apoiaram: milhares de pessoas no público e convidados especiais, no Coliseu do Porto, a 17 de novembro.

O concerto começou com um solo do vocalista Héber Marques com as cortinas fechadas, criando um ambiente intimista. Os primeiros acordes de "Vai ou Racha” foram o sinal para as cortinas abrirem e para o público gritar com mais força e para as emoções saírem à flor da pele.

O concerto foi planeado para a plateia estar sentada, mas não durante todo o tempo, já que a canção "Só nós os Dois" fez que muitas pessoas se levantassem e dançassem.

O ambiente criado era ideal para as ‘selfies’ durante a interpretação de "Sorri para mim". O cantor convidou toda a gente a tirar um ‘selfie’ para publicar nas redes sociais usando as hashtags #maishmb e #primeiradécada.

O espetáculo contou com a presença de Miguel Araújo para cantar “Tudo Muda” e dos Expensive Soul para lembrar que “O Amor É Mágico”.

O coração saltava para fora do “Peito”, fazendo Héber Marques descer e mover-se por entre o público a cantar, aproveitando para cumprimentar mais algumas pessoas que o iam acompanhando em coro.

O final foi de grande festa com a música "Naptel Xulima", chave de ouro para terminar o concerto de celebração da primeira década dos HMB.

Publicidade

Próximos eventos

24Jan

Myles Sanko

Porto

25Jan

Carla Bruni

Lisboa

25Jan

Myles Sanko

Lisboa

27Jan

Carla Bruni

Porto

31Jan

Steven Wilson

Lisboa

01Fev

Metallica

Lisboa

02Fev

Richie Campbell

Lisboa

Publicidade
Aceito Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web.
  • por ,
  • por ,
  • por ,